segunda-feira, 21 de março de 2011

GENTILEZA gera GENTILEZA

 Amo esse mantra: "Gentileza gera Gentileza" porque de fato acredito nele. Acredito nos ensinamentos do Mahatma Gandhi sobre o AHIMSA (não-violência), que muitas pessoas confundem com passividade, mas que é um movimento ativo de Ser Não-violento. 

Conheço pouco do "Profeta Gentileza" do Rio de Janeiro. Sei que essa era uma das suas frases preferidas...sei também que nesse mundo nosso, ele era um "louco" ou alguém que não se encaixava nos padrões que as pessoas são consideradas sãs. Ele acreditava que ações gentis gerariam mais gentilezas e que o mundo seria melhor assim e pregava isso. Acreditava que podíamos multiplicar essa energia com nossas ações, ao invés de multiplicarmos a inveja, a ganância e a violência. Era um louco, assim como Mahtama Gandhi poderia ser considerado também.

No último fim-de-semana tivemos uma lua especial, era a maior lua dos últimos 20 anos. Quis vê-la da rua. Moro em uma cidade grande, Houston no Texas. Decidimos ir a um parque público. Passava das 9. Era tarde para os padrões americanos. Fomos para o centro da cidade. Estacionamos o carro em um lugar que meu marido achou suspeito. Estava ermo, ninguém por perto. Nosso padrão brasileiro acostumados com a insegurança, deixou todos os nossos sensores de medo em estado de alerta. Tínhamos um certo grau de tensão. Não conhecíamos aquele parque. Resolvemos que seria melhor, por medida de segurança, deixar a bolsa no carro, mas levei minha câmera fotográfica. Situação impensável em Salvador, andar em um parque público, à noite e com uma máquina fotográfica.

Ao entrarmos percebemos que era um parque público para praticantes de skate. Muitas pistas e rampas. Iluminado e super bonito. Poucos adultos. Relaxamos. Vimos crianças brincando de skate. Alguns pais acompanhando-as. Muitos adolescentes. Resolvemos andar. A lua realmente estava linda. Andávamos por uma trilha. Silêncio, noite fresca. Tirei o iPhone do bolso da calça para fotografar a lua e poder enviar fotos imediatamente para o Twitter. De repente um adolescente que estava distante vem na nossa direção. Uma certa apreensão típica de "gato escaldado" toma conta de mim. Ele se aproxima e gentilmente me avisa que algum papel  havia caido do meu bolso quando eu peguei o iPhone.

Foto da Lua que possibilitou essa experiência
Eu meio boba e envergonhada, agradeço. 

Sou extremamente grata a esse garoto que andava de skate nesse praça a noite. Obrigada pela gentileza imensa que me fez chorar. Obrigada pela gentileza simples que me deixou envergonhada. Obrigada por ter me deixado sem ação. Obrigada por produzir em mim um estado em que a única coisa a ser dita era: Thank you! Thank you so much! 

O que havia caido no chão era um papelzinho sem importância, uma nota de uma loja que foi em seguida para o lixo, mas o que esse garoto provocou em mim com sua gentileza, não tem preço.

GENTILEZA gera GENTILEZA!

Ludmila Rohr

14 comentários:

  1. Lana Rohr Cardoso Philippson21 de março de 2011 19:09

    Maravilhoso!Lindissimo esse post e muito comovente.As vezes nos pre-julgamos pessoas e situacoes por experiencias ja vividas sem ao menos pensar que alguma coisa pode ser diferente.Nao sei se vc ja assistiu a um filme chamado Pay it Forward?Se nao assistiu ,assista,vale muito a pena, fala justamente sobre isso,a gentileza que gera gentileza.O filme e baseado numa historia real ocorria ai nos States,onde um garoto ajudou um mendigo a se limpar,deu comida e roupas e o tirou das drogas e o mendigo consegue um trabalho.Ao querer agradecer ai garoto,ele se surpreende quando o menino o manda pagar adiante,ou seja, fazer alguma gentileza por uma outra pessoa e assim sucessivamente o que virou uma corrente pelo pais inteiro.Ele fez isso porque alguem ajudou sua avo que era viciada em bebidas e ele ficou grato.Enfim,vale a pena ver,e um bom filme.Contei o filme todo nao e?Mas e porque eu acredito muito no Pay it forward,acredito que se cada um fizer essa ideia,isso vira uma grande corrente do bem!Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu vi sim!!! Muito lindo mesmo!
    A Idéia de multiplicamos o BEM é muito simples!!! E funciona!!!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo hein!!!!.......
    ainda nos deparamos com coisas qu jamais pudessemos acreditar que poderiam acontecer, como a gentileza de um adolescente esconhecido....... antes confundido e agora
    nunca mais esquecido....

    beijos

    Didja

    ResponderExcluir
  4. Ate para dizer o que sinto fica dificil diante da grandeza de sua escrita.
    Tentei enviar um comentario a respeito de uma de suas postagens e nao consegui. Espero que ter mais sucesso dessa vez.
    Parabens! Parabens pelo dom maravilhoso que voce tem de poder passar tantas mensagens bonitas de uma forma tao clara.
    Beijos.
    Assina anonima, que tambem e sua amiga. Kkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  5. Amei! Lendo o seu post pensei "como seria bom viver em um mundo gentil" Onde podessemos acreditar na palavra das pessoas para não pensar que sempre estamos sendo enganados ou que sempre estamos em perigo. Parabéns! Beijos,
    Fátima

    ResponderExcluir
  6. Não tenho essa ilusão ou fantasia...
    Temos que conviver com o bem e o mal ao mesmo tempo..
    Mas, acho que podemos caprichar no bem pra variar!

    ResponderExcluir
  7. Excelente post, a gentileza realmente é o nosso maior "trunfo", quando somos gentis nós despertamos nas outras pessoas mais gentileza, mesmo que essa outra pessoa esteja irritadissima com agente...
    eu trabalho com atendimento direto com pessoas e isso é FATO. por mais que uma pessoa seja sem educação com você ou esteja irritada, se nós formos gentis vamos conseguir reverter toda a situação...
    é uma pena que são poucas as pessoas que tem essa mentalidade de gentileza gera gentileza...
    Parabéns

    ResponderExcluir
  8. Ludmila,
    Excelente reflexão.
    No carnaval pensei muito sobre o nosso Brasil. Fomos à Europa com as crianças e fiquei pensando em como essas questões de segurança, de civilidade, de convivência estão prejudicadas em nosso país.
    Solucionamos esses problemas da forma errada, criando mais shopping centers e condomínios gradeados, evitando a convivência mais tranquila, nas ruas, na vizinhança. Nossos jovens fogem para outros lugares, muitas vezes tratados com pouca gentileza, para tentar uma realidade mais bacana, menos violenta. Temos muito o que melhorar para termos um lugar legal para todos. Por outro lado, somos muito gentis, simpáticos, abertos. Além das riquezas naturais, nosso povo mais simples é genial! Trata todos muito bem, faz questão de ajudar. Mas a desigualdade gera graves consequências e essa falta de compreensão e de perspectiva de vida em comunidade são danosas à nossa gentileza. vivemos assustados, sem perspectiva de mudança. Quando poderemos passear para ver a Lua de madrugada no Parque da Cidade? É essa a Nação que queremos? em alguns dias tem São João e tudo passa...

    ResponderExcluir
  9. Lu, acredito piamente, que GENTILEZA gera GENTILEZA. Sou 1 ser, que tenta devolver na mesma proporção,tudo de bom que me ofereçam. (as vezes +, as vezez -)
    Fazer e receber o bem, é divinal. Acho que vc já percebeu, o quanto "mimo" as pessoas que gosto. Nem sempre esperando 1 troca, + quando acontece, é muiiito gratificante.
    A lei da ação e reação existe e creio nela.

    Ah, eu já disse que te adoro, hoje?

    ResponderExcluir
  10. Estamos vivendo da saudade, como era bom andar sozinha por qualquer lugar e ter a certeza de não ser importunada por bandidos, aqui a gente esqueceu o que é isto, qualquer lugar é possível, vivemos com o organismo preparado para qualquer eventualidade, é ruim.....bj. Nubs

    ResponderExcluir
  11. Grande reflexão... por que ser gentil pode se tornar tão difícil??? Parece que andamos tão esquecidos, tão desconfiados, que nos surpreendemos com a gentileza, com as pessoas do bem...
    Poxa! Por que a gente "tem que" sofrer para aprender? "Temos que" passar por coisas negativas para valorizarmos as boas coisas? Temos, nada, né? Mas fazemos tanto isso...

    ResponderExcluir
  12. Ai, Lud, fiquei emocionada!... Você descreveu a experiência de modo tão comovente... Muito lindo, mesmo. Beijo.
    ANA LIÉSE.

    ResponderExcluir
  13. Percebo que muitas vezes a gentileza não precisa ser das maiores, são as mais simples que mais emocionam. Amo a musica feita para o profeta... vc conhece?

    Gentileza
    Gonzaguinha
    Composição : Gonzaguinha

    Feito louco
    Pelas ruas
    Com sua fé
    Gentileza
    O profeta
    E as palavras
    Calmamente
    Semeando
    O amor
    À vida
    Aos humanos
    Bichos
    Plantas
    Terra
    Terra nossa mãe.

    Nem tudo acontecido
    De modo que se possa dizer
    Nada presta
    Nada presta
    Nem todos derrotados
    De modo que não de prá se fazer
    Uma festa
    Uma festa.

    Encontrar
    Perceber
    Se olhar
    Se entender
    Se chegar
    Se abraçar
    E beijar
    E amar
    Sem medo
    Insegurança
    Medo do futuro
    Sem medo
    Solidão
    Medo da mudança
    Sem medo da vida
    Sem medo medo
    Das gentileza
    Do coração.

    Feito louco pelas ruas...

    ResponderExcluir

Sempre leio todos os comentários e gosto muito de recebê-los!