sexta-feira, 17 de julho de 2009

Não sejamos sobreviventes!!!!


Digo paras as pessoas quando as ensino a respirar que elas precisam querer respirar! Digo que não é bastante respirar porque precisa, mas que é urgente respirar por que se quer!
O corpo cumpre a obrigação básica de respirar o suficiente para SOBREVIVER. O corpo não quer morrer, então ele sobrevive. Mas a mente pode RESPIRAR para VIVER, e isso faz muita diferença.
Essa é a questão importante. Queremos o mínimo para sobreviver? o que significa apenas que não queremos morrer, ou em algum momento vamos decidir que queremos mais? muito mais. Precisamos querer respirar não preocupados simplesmente com a manutenção da vida, mas sim com a qualidade da vida! Respirar não apenas para não morrer, mas sim, respirar para viver!


Sou professora de yoga, então é claro que sou professora de respiração. A nossa respiração consciente mobiliza o Prana, que é a energia da vida, o "Hálito Vital", o "Sopro Divino"...movemos vida quando respiramos! Então, nossa vida pode ser rasa e curta, se assim for a nossa respiração; e pode ser profunda e longa...se assim respiramos...pode ser vibrante, expandida, ou pesada e tensa..

Bom adoro o tema RESPIRAÇÃO, já apresentei trabalho em congresso de psicologia com esse tema, falo de respiração todos os dias com alunos, clientes...criei meus filhos pedindo para eles repirarem quando sentiam algo....isso em algum momento se voltou contra mim, pois quando eu estava brigando com eles, eles diziam: mamãe, respire!!
Apesar de me sentir em casa com esse tema, hoje na verdade o tema é outro. Quero refletir sobre a diferença entre VIVER e SOBREVIVER.

Fiquei muito incomodada, porque alguem chamou meus companheiros de luta contra o câncer de "sobreviventes"...e parei pra refletir..dei até uma lida na psicologia dos sobreviventes...mas minha experiencia com Respiração Yogue foi quem mais me ajudou nessa reflexão.

Sobreviver é ser levado...nada lhe cabe mais em termos de ação consciente, a pessoa entende que é um sobrevivente, e deve no máximo ser grato por isso. Os sobreviventes não têm desejos, eles não acionam a vida na direção desses desejos...os sobreviventes apenas sobrevivem...cada dia em relação àquilo que os ameaçaram na sua vida.
Se eles sobreviveram a um acidente ou a um câncer...a vida passa a funcionar em torno disso... tudo gira em torno da manutenção da sua sobrevivencia...a vida foi ameaçada, agora é preciso ter muito cuidado, viver como se "pisasse em ovos", sem barulho, sem chamar atenção pra que o monstro não seja despertado outra vez...os sobreviventes vivem assutados...vivem delicadamente mantendo a sobrevida...com medo, tensos...e por isso não podem viver! Os sobreviventes apenas respiram pra manter a vida!

Viver é o oposto disso. Viver envolve riscos, emoções, amores e dores...sonhos, planos, ideais. Pra viver é preciso respirar grande, expandir os limites, expandir a alma, abrir o coração...Viver é intenso...é pisar em todos os ovos e, quebrá-los logo pra não sobrar nenhuma tensão...pra viver é preciso coragem, é preciso saber virar páginas, é preciso encerrar histórias e iniciar novas...é preciso estar aberto para o novo...Esse novo não tem garantias...a vida não nos oferece garantias...então é encarar o novo com todas as possibilidades...


Viver depois de um câncer é preciso!...é preciso sentir que se é um VENCEDOR e não um SOBREVIVENTE! Alguém que vence e pode celebrar a vitória. Alguém que vence e pode partir pra outra. Partir para a vida, que sempre existiu cheias de desafios...sempre foi assim...e continuará sendo...então será preciso encará-los...não há um lugar especial para ex-pacientes de câncer. É preciso abrir mão da ilusão desse lugar especial, que nem existe.

Aqueles que se foram durante essa batalha coletiva, não são perdedores...são vitoriosos também...não é a não-morte que indica um vencedor...vencedor é aquele que vive intensamente e luta sem desistir...eles ajudaram na luta, eles contribuiram na batalha...

Assim como soldados que vêem seus amigos cairem, e querem vencer ainda mais a guerra para honrá-los...precisamos fazer isso! Precisamos honrar aqueles que se foram. Precisamos honrar a Lili, o Ivan, a Suu, o pai da Katy, o Pai da Criss, o pai da Patsy, o pai da Marcela, a neta da Bertilha, o marido da Élida, da Rai..precisamos honrá-los e a única forma eficiente de fazer isso é VIVENDO!!!


Lugar de ex-paciente de câncer é na VIDA! e não na sobrevida!
Vamos respirar grande, vamos respirar vida...abrir o peito e dar espaço para a vida entrar! é de muita vida que temos sede e fome!

Sejamos VIVENTES dessa vida e não sobreviventes!!!!
Namastê

Ludmila Rohr

12 comentários:

  1. Refleti e mudei o nome do meu blog.

    ResponderExcluir
  2. Diário de uma domadora do câncer, ficou lindo!!

    minha amiga, que incrível ter particpado dessa transformação.

    ResponderExcluir
  3. AMEI O QUE LI, DIFERENCIAR SOBREVIVENTE DE VENCEDOR ME FEZ CHORAR, POIS ATÉ HOJE ESTAVA FAZENDO PARTE DAS REGRAS DOS SOBREVIVENTES.
    DEPOIS DESSA REFLEXÃO TENHO QUE TENTAR VIRAR O JOGO E DE SOBREVIVENTE PASSAR A SER VITORIOSA, PORQUE O SOBREVIVENTE SE TORNA UMA PESSOA MUITO PESADA, SOFRIDA, LIMITADA, MAS APRENDENDO A SER VITORIOSA COM CERTEZA SEREI UMA PESSOA MAIS LEVE,MAIS FELIZ.
    OBRIGADA POR ME PASSAR PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO, NÃO SÓ A MIM, MAS AS TODOS QUE ENFRENTAM OU ENFRENTARAM O CÂNCER.
    BEIJOS!
    CRISTIANE

    ResponderExcluir
  4. Cris vc é uma vitoriosa!
    os vitorios celebram a vida...eles não tem tempo pra lamentações!

    curta sua vitória!

    ResponderExcluir
  5. Queriiiiiida...
    Sempre aprendo com suas reflexões.
    E hoje adorei o que li e era exatamente o que eu precisava para encerrar o dia.
    Agora posso dizer que estarei mais atenta na RESPIRAÇÃO e sem medos porque " o novo não tem garantias......então é encarar o novo com todas as possibilidades".
    Um super abraço para você que é minha adorável amiga, forte e VENCEDORA !
    Rosalice.

    ResponderExcluir
  6. Falou e disse Sra. Ludmila Rohr!
    =)

    ResponderExcluir
  7. Super legal esse post... Na minha vida, já passaram 3 pessoas com câncer... 2 não estão mais aqui... A minha tia, irmã da minha mãe, outro dia, fez um almoço e chamou a familia toda. Disse que era fundamental! Quando estávamos no meio do almoço, ela falou: "Hoje faz um ano que eu venci o câncer e agora estou aqui, curada, aproveitando a vida com vocês!"... A atitude dela, durante o processo foi muito positiva. É até engraçado dizer, não super estimou o câncer... tratou dele como um cisto, ou sei lá... uma coisa que ia ser tirada dela e pronto!... E ficou tudo bem! Foi diferente da minha amiga querida que se foi... eu imagino que tudo deve ser muito horrível nessa luta. Eu mesma passo super mal com anti concepcional, imagina com quimioterapia... Mas minha amiga, eu acho que deixou de respirar muito antes de ir...

    ResponderExcluir
  8. nossa muito linda a msg que passou para mim! bjs

    ResponderExcluir
  9. Repassei esta mensagem para as pessoas amigas que lutam contra o cancer, acho que vai funcionar mudando a atitude de sobrevivente para a luta com vistas à vitória. Minha amiguinha de 25 anos passou por este problema, está nos visitando (vive na Espanha) está de namorado novo e apaixonada, estão juntos por uns dias em Salvador.Ela está linda!

    ResponderExcluir
  10. Lu, mais uma vc vc presente inspirando coisas boas em mim...
    Sobre a respiração aprendi ou decobri sozinha e vejo q é é a mais pura verdade...
    Mas vamos vivendo e descobrindo coisas novas ou percebendo algo q há tempos está por dentro quietinho. Estou aprendendo a ser vitoriosa, embora já tenha enfrentado diversas batalhas...
    Estou aprendendo a viver intensamente!!

    ResponderExcluir
  11. Gostei tanto desta mensagem que fiz um comentário em meu Facebook. A vida envolve correr riscos e não temos garantias de nada.
    Ótimos dias pra você...

    Abraço, Edineide

    ResponderExcluir

Sempre leio todos os comentários e gosto muito de recebê-los!